Total visualizações

08 Fevereiro 2013

Finitas e não finitas

Esclarecimento de dúvida, a pedido...de várias famílias


FRASES FINITAS E NÃO FINITAS


A designação «não finita» significa que a forma verbal a usar numa frase assim classificada pertence às antigamente chamadas «formas nominais» do verbo. É o caso de:

Ø uma frase de infinitivo (flexionado e não flexionado),

Ø de uma frase gerundiva

Ø de uma frase participial. Seguem-se exemplos de cada tipo de oração não finita



1.    Frase não finita de infinitivo:

«Lamento ter insultado o Pedro» (infinitivo não flexionado) e «Lamento teres insultado o Pedro» (infinitivo flexionado).



2.    Frase não finita gerundiva:

«Vendendo o carro, perco a minha autonomia.»



3.    Frase não finita participial:

«Acabado o discurso, todos o aplaudiram.»



A terminologia tradicional usa também o termo «orações reduzidas» para designar este tipo de frases (ver Celso Cunha e Lindley Cintra, Nova Gramática do Português Contemporâneo, págs. 605-612). As orações não finitas contrapõem-se às finitas, que têm formas verbais finitas (por exemplo, as do modo indicativo ou as do modo conjuntivo).






Sem comentários: